Arquivo da categoria: Poesia

Os Ratos

Ouço nas paredes

Os passos, os risos

dos ratos, dos ratos

 

Cheiro o fedor podre

das fezes, das crises

dos ratos, dos ratos

 

Vejo nos buracos

as garras, os dentes

dos ratos, dos ratos

 

Sinto em mim

o viver, os crescer

dos ratos, dos ratos

 

minha pele cai

minha carne escorre

meus ossos se quebram

minhas tripas se roem

e lá estão eles

os ratos, os ratos

os ratos, os ratos

nas paredes, na carne

os ratos, os ratos!

Anúncios